E-mail

contato@salvemariaimaculada.com.br

Cronologia de Fátima!

Abaixo apresentamos a cronologia completa dos acontecimentos em Fátima, dos Papas, de Roma, de uma forma sintética afim de mergulhar nossos leitores, nessa que é a mais proféticas das aparições da Virgem Maria na Terra.

Nascimento de Lúcia de Jesus

Batismo de Lúcia

Nacimento de Francisco Marto

Batismo de Francisco Marto

Nascimento de Jacinta Marto

Batismo de Jacinta Marto

Primeira Comunhão de Lucia de Jesus

Aparições do Anjo de Portugal, na Primavera, Verão e Outono

Primeira Aparição de Nossa Senhora

Segunda Aparição de Nossa Senhora

Terceira Aparição de Nossa Senhora. dia em que Nossa Senhora relevou aos pastorinhos os 03 segredos.

Quarta Aparição de Nossa Senhora

Quinta Aparição de Nossa Senhora

Sexta Aparição de Nossa Senhora, dia em que acontece o Milagre do Sol visto por aproximadamente 100 mil pessoas.

Francisco Marto e Jacinta Marto adoecem vitimas de epidemia da Gripe Espanhola.

Francisco Marto se confessa e faz sua última Comunhão Eucarística

Francisco Marto, falece em Aljustrel.

Início da construção da Capelinha das Aparições

Jacinta adoece e é internada no hospital de Vila de Ourém

Morre o pai de Lucia de Jesus,  Sr. Antônio dos Santos

Jacinta Marto recebe alta do Hospital da Vila de Ourém.

Jacinta é levada para Lisboa, e fica internada no Orfanato Nossa Senhora dos Milagres

Jacinta Marto é transferida para o Hospital Dona Estefânia em Lisboa

Lúcia vai para o Porto para o Asilo de Vilar (Instituto do Arcediago Van Zeller) entregue às Religiosas de Santa Doroteia.

É permitida a celebração pela primeira vez, junto à Capelinha das Aparições.

Primeiros relatos escritos das aparições feito por Ir. Lucia no Asilo de Vilar

A Capelinha das Aparições é parcialmente destruída num atentado, sendo restaurada um ano depois.

Abertura do Processo Canônico sobre os acontecimentos ocorridos em Fátima

Tem se início em Fátima a publicação do informativo a “Voz de Fátima”.

Sacramento do Crisma de Lúcia de Jesus, na Quinta da Formigueira – Braga, pelo Bispo de Leiria, Dom José Alves Correia da Silva.

Lúcia de Jesus vai para Tuy na Espanha.

Lúcia de Jesus é admitida na Casa da Congregação de Santa Dorotéia em Pontevedra na Espanha.

Sétima aparição de Nossa Senhora à Lucia de Jesus. Ela pede a devoção dos Cinco Primeiros Sábados em reparação ao Imaculado Coração em Pontevedra na Espanha.

O Menino Jesus aparece a Lucia de Jesus, e pede insistência para que seja instaurado a devoção dos Cincos Primeiros Sábados.

Lucia de Jesus regressa a Tuy Espanha para terminar o postulantado

Lucia termina o postulantado e inicia o noviciado, tomando o nome de Maria Lúcia das Dores.

O Bispo de Leiria preside, pela primeira vez, a uma cerimônia oficial na Cova de Iria, depois da benção das estações da Via-Sacra, desde o Reguengo do

Lúcia recebe de Jesus a ordem de escrever o que lhe era pedido sobre a devoção ao Imaculado Coração de Maria, pondo por escrito, por ordem do diretor espiritual, Pe. José Aparício da Silva.

Lançamento da primeira pedra fundamental da Basílica Nossa Senhora do Rosário de Fátima

Lúcia de Jesus em Tuy na Espanha faz o seu primeiro voto temporário, em cerimónia solene, presidida pelo Padre Cândido de Azevedo Mendes e presenciada pelo Dr. Manuel Nunes Formigão, Pe. Augusto de Sousa Maia e outros.

Ir. Lúcia tem a visão da Santíssima Trindade e do Imaculado Coração de Maria, com o seu Coração cercado de espinhos, como nas aparições de Junho e de Julho de 1917, que lhe diz: “É chegado o momento em que Deus pede para o Santo Padre fazer, em união com todos os Bispos do Mundo, a Consagração da Rússia ao Meu Imaculado Coração, prometendo salvá-la por este meio”.

Pela Carta Pastoral “A Divina Providência”, o Bispo de Leiria declara “dignas de crédito as visões das crianças na Cova da Iria” e permite oficialmente o culto de Nossa Senhora de Fátima.

Acontece a Primeira Consagração de Portugal ao Imaculado Coração de Maria, feita pelo Episcopado Português no seguimento da Mensagem de Fátima.

Ir. Lúcia faz seus Votos Perpétuos em Tuy na Espanha, a celebração é presidida pelo Bispo de Leiria Dom José Alves Correia da Silva.

Ir. Lúcia vai para Pontevedra na Espanha.

Transladação dos restos mortais de Jacinta Marto, do cemitério de Vila Nova Ourém para o cemitério de Fátima.

Ir. Lúcia termina de escrever a 1ª Memória iniciada iniciada na segunda semana do mesmo mês.

Ir. Lúcia regressa a Tuy na Espanha

Ir. Lúcia termina de escrever a 2ª Memória.

Renovação da Consagração de Portugal ao Imaculado Coração de Maria, feita pelo Episcopado Portugês.

Envia uma carta ao Papa Pio XII

Termina a 3ª Memória, pedida pelo Sr. Bispo de Leiria

 Termina a 4ª Memória, pedida pelo Sr. Bispo de Leiria

Morre a mãe da Ir. Lúcia a Sra. Maria Rosa.

As mulheres portuguesas oferecem uma coroa preciosa à Nossa Senhora em agradecimento por Portugal ter sido livre a 2ª Guerra Mundial.

Papa Pio XII, falando em Português pela rádio, consagra o Mundo ao Imaculado Coração de Maria, com menção velada da Rússia, segundo o pedido de Nossa Senhora.

Renovação da Consagração do Mundo ao Imaculado Coração de Maria, feita pelo Papa Pio XII, em Roma.

Coroação da Imagem de Nossa Senhora de Fátima da capelinha das aparições (coroa oferecida pelas mulheres portuguesas), realizada pelo Cardeal Masella, do Legado Pontifício.

Ir. Lúcia volta para Portugal para rever os lugares das aparições.

Ir. Lúcia reconhece os locais das Aparições do Anjo na Loca do Cabeço (1ª e 3ª aparições) e o Poço do Arneiro (2ª aparição).

Imagem Peregrina de Nossa Senhora inicia a viagem pelos países da Europa destruídos pela guerra.

Ir. Lúcia ingressa no Carmelo de Santa Teresa, em Coimbra, tomando o nome de Irmã Maria Lucia de Jesus e do Coração Imaculado.

Ir. Lúcia faz a sua profissão de votos solenes, no Carmelo em Coimbra.

Transladação dos restos mortais de Jacinta Marto do cemitério de Fátima para o jazido na Basílica do Rosário no Santuário.

Encerramento do Ano Santo Universal em Fátima pelo Cardeal Tedeschini do Legado Pontifício.

Transladação dos restos mortais de Francisco Marto do cemitério de Fátima para o jazido da Basílica do Rosário no Santuário.

Consagração dos Povos da Rússia ao Imaculado Coração de Maria pelo Papa Pio XII.

Sagração da Igreja do Santuário de Fátima.

O Papa Pio XII concede o Título de Basílica Menor à Igreja do Santuário.

Morre a mãe de Francisco e Jacinta, sra. Olímpia de Jesus.

O Cardeal Roncalli, Patriarca de Veneza e futuro Papa João XXIII, preside à peregrinação internacional de aniversário das aparições.

Acontece a renovação da Consagração de Portugal ao Imaculado Coração de Maria, feita pelo Episcopado Português.

Morre o pai de Francisco e Jacinta, sr. Manuel Pedro Marto.

Morre o Bispo da Diocese de Leiria, Dom José Alves Correia da Silva.

Início da Adoração Perpetua ao Santíssimo Sacramento (Sagrado Lausperene) no Santuário de Fátima.

Ao encerrar a 3ª sessão do Concílio Ecumênico Vaticano II, o Papa VI anuncia diante dos 2.50o padres conciliares, a concessão da Rosa de Ouro ao Santuário de Fátima.

Renovação no mesmo dia da Consagração do Mundo ao Imaculado Coração de Maria pelo Papa Paulo VI.

Entrega da Rosa de Ouro pelo Cardeal Fernando Cento, do legado Pontifício, durante a Peregrinação Internacional do aniversário das aparições.

O Papa Paulo VI desloca-se a Fátima, no cinquentenário da 1ª Aparição de Nossa Senhora, para pedir a paz no mundo e a unidade da Igreja. A Irmã Lúcia desloca-se a Fátima para acompanhar.

Acontece neste dia a renovação da Consagração de Portugal ao Imaculado Coração de Maria, feita pelo Episcopado Português.

Peregrinação do 60º Aniversário da 1ª Aparição que foi presidida pelo Cardeal Humberto Medeiros, Arcebispo de Boston, do legado Pontifício.

Peregrinação a Fátima do Cardeal Albino Luciani, Patriarca de Veneza, depois Papa João Paulo I

Elevação de Fátima à categoria de Vila.

Renovação da Consagração de Portugal ao Imaculado Coração de Maria, feita pelo Episcopado Português.

Renovação da Consagração do Mundo ao Imaculado Coração de Maria pelo Papa João Paulo II, na clinica onde estava internado em Roma, vitima de um atentado no dia 13/05/1981 na praça São Pedro.

Renovação da Consagração do Mundo ao Imaculado Coração de Maria pelo Papa João Paulo II em Roma.

Inicia a peregrinação de dois dias do Papa João Paulo II a Fátima para agradecer por ter escapado com vida um ano antes na praça de São Pedro, e de joelho, consagra a Igreja, os Homens e todos os povos, com menção velada da Rússia ao Imaculado Coração de Maria.

Renovação da Consagração de Portugal ao Imaculado Coração de Maria, feira pelo Episcopado Português.

Renovação da Consagração do Mundo ao Imaculado Coração de Maria pelo Papa João Paulo II em Roma.

Papa João Paulo II pede para que a Imagem da Capelinha das Aparições venha até Roma, e diante dela de joelhos na praça de São Pedro com os bispos do mundo inteiro presentes, realiza a consagração do mundo e da Rússia ao Imaculado Coração de Maria.

Tempos depois a Irmã Lúcia vai confirmar que essa consagração foi realiza conforme o pedido de Nossa Senhora e que Deus manterá a sua palavra.

Pela segunda vez o Papa João II inicia a sua viagem como peregrino à Fátima no 10ª aniversário do seu atentado na pração de São Pedro e preside à Peregrinação Internacional de aniversário das aparições.

Renovação da Consagração de Portugal ao Imaculado Coração de Maria, feito pelo Episcopado Português.

O então Cardeal Ratzinger, futuro Papa Bento XVI, inicia a sua viagem de dois dias e preside as cerimonias da Peregrinação Internacional de aniversário das aparições.

A Assembleia da República Portuguesa eleva a Vila de Fátima a categoria de Cidade.

Beatificação de Francisco e Jacinta Marto, por ocasião da 3ª visita do Papa João II à Fátima.

Neste dia é relevado ao mundo a 3ª Parte do Segredo de Fátima.

Consagração do Milênio ao Coração Imaculado de Maria pelo Papa João Paulo II na praça de São Pedro, quando do Jubileu dos Bispos e na presença da Imagem da Capelinha de Fátima. Estiveram cerca de 1.500 bispos.

Lançamento da 1ª pedra da Igreja da Santíssima Trindade.

Falecimento da Ir. Lucia

Falecimento de João Paulo II

Transladação do corpo da Ir. Lúcia do Convento de Santa Teresa em Coimbra, para a Basílica do Santuário de Fátima.

Dedicação da Igreja da Santíssima Trindade, pelo Legado Pontifício, Dom Tarcísio Bertone, Secretário de Estado do Vaticano.

O Papa Bento XVI autorizou abreviar o prazo canônico para abertura do processo de beatificação da Ir. Lúcia. O anúncio foi feito pelo Cardeal Dom José Saraiva Martins, prefeito da Congregação para a Causas dos Santos.

O Bispo de Coimbra dá abertura à causa de beatificação da Ir. Lúcia de Jesus e do Coração Imaculado.

Beato Francisco Marto, foi proclamado Padroeiro dos Acólitos de Portugal pelo seu grande testemunho de amor à Eucaristia.

O Bispo de Coimbra, Dom Albino Cleto, nomeou os membros da Comissão histórica de Beatificação da Serva de Deus Irmã Lucia, esta equipe equipe tem o encargo de reunir todos os escritos da Serva de Deus para fazerem parte do Dossiê do Processo Diocesano em curso, um trabalho que se impõe demorado pelo fato de existirem milhares de carta escritas pela Ir. Lúcia que terão que ser arquivadas, transcritas e organizadas segundo os critérios e exigências do Processo.

Inicia a peregrinação de dois dias à Fátima do Santo Padre o Papa Bento XVI que faz a entrega da 2ª Rosa de Ouro ao Santuário

O Postulador da Causa de Beatificação da Ir. Lúcia, Pe. Ildefonso Moriones, nomeou vice-postulador o Cônego Aníbal Pimentel Castelhano.

O Senhor Dom Vigilio Antunes nomeou os oficiais do inquérito que iniciaram de imediato o seu encargo de ouvir as testemunhas que irão depor no Processo de Beatificação, são eles:

Pe. Luís Ribeiro de Oliveira: Delegado Episcopal

Pe. Pedro Carlos Lopes de Miranda: Promotor de Justica

Maria José Soares Ferreira Neves: Notária

Pe. Pedro Alexandre Pinto dos Santos: Notário Adjunto

A Igreja da Santíssima Trindade recebe o Título de Basílica da Santíssima Trintade

Acontece o milagre por intecessão dos irmãos Pastorinhos ocorrido no Brasil que mais tarde será confirmado como o milagre que canonizará os irmãos:

Era 20h na cidade de Juranda no Paraná (Brasil). Lucas então uma criança de 5 anos filho de João Batista e Lucilia Yurie, cai da sua janela de uma altura de 6,50m e um traumatismo craniano muito grave, com perda de tecido cerebral. Chegou em coma muito grave. Teve duas paragens cardíacas e foi operado de urgência. Os médicos diziam que tinha poucas probabilidades de sobreviver. Os pais começaram a rezar a Jesus e a Nossa Senhora de Fátima, a quem tem muita devoção. No dia seguinte ligaram para o Carmelo de Campo Mourão, pedindo às irmãs que rezassem pelo menino. A irmã que recebeu o telefonema não passou o recado para a comunidade. Estavam na hora do silêncio e ela pensou: “O menino vai morrer. Vou rezar pela família”.

Os dias passavam e o Lucas estava piorando. No dia 6 de março os médicos pensaram na transferência para outro hospital, uma vez que nem havia os cuidados necessários para a sua idade. Disseram que as possibilidades de o menino sobreviver eram baixas e que se sobrevivesse teria uma recuperação muito demorada ficando certamente com graves deficiências cognitivas ou mesmo em estado vegetativo.

No dia 7 voltaram a telefonar ao Carmelo. Nesse dia, a irmã transmitiu o recado à comunidade. Uma irmã correu para as relíquias dos Beatos Francisco e Jacinta, que estavam junto do Sacrário e sentiu esse impulso de oração: “Pastorinhos, salvem este menino, que é uma criança como vocês”. Conseguiu convencer toda a comunidade a rezar apenas com a intercessão dos Pastorinhos.

Assim fizeram. Da mesma forma todos da família, começaram a rezar aos Pastorinhos e, dois dias depois, no dia 9 de março o Lucas acordou, bem, e começou a falar, perguntado pela sua irmãzinha. No dia 11 saiu da UTI e dia 15 teve alta.

Está completamente bem, sem nenhum sintoma ou sequela. O que o Lucas era antes do acidente ele o é agora: sua inteligência, seu caráter, é tudo igual.

Os médicos, incluindo alguns não crentes, disseram não ter explicação para esta recuperação.

Imagem de Nossa Senhora de Fátima da capela das aparições, a pedido do Papa, viagem para Roma para participar da Jornada Mariana promovida pelo Conselho Pontifício para a Promoção da Nova Evangelização.

Consagração do Pontificado do Papa Francisco a Nossa Senhora de Fátima. Junto da imagem de Nossa Senhora, o Papa Francisco entregou o mundo ao Imaculado Coração de Maria.

Monsenhor Agostinho Borges, reitor da Igreja de Santo Antonio dos Portugueses, anuncia que o Vaticano aprovou o Milagre que irá canonizar os irmãos Pastorinhos Francisco e Jacinta Marto.

Chega ao fim a fase diocesana do processo de canonização de Ir. Lúcia de Jesus, cerimônia presidida pelo Bispo de Coimbra, Dom Virgilio Antunes, o processo conta com 15.483 páginas acomodadas em 19 caixas, que agora seguem para a Congregação das Causas dos Santos no Vaticano.

O Papa Francisco aprova o milagre que permite a canonização dos pastorinhos de Fátima, Francisco e Jacinto Marto. Na promulgação publicada pela sala de impressa do Vaticano, lê-se que “O Santo Padre o Papa Francisco recebeu nesta manhã do dia 23/03 em audiência Sua Eminência o cardeal Angelo Amato, prefeito da Congregação para a Causas dos Santos”, e autorizou a congregação a publicar os decretos relativos a um conjunto de processos de canonização em curso.

Papa Francisco chega à Fátima para a sua viagem de peregrinação onde realizará a cerimonia de canonização dos Pastorinhos de Fátima

Papa Francisco em sua primeira viagem a Fátima, canoniza os irmãos Pastorinhos Francisco e Jacinta Marto em cerimonia realizada na Basílica de Fátima. A canonização foi possível graças a confirmação de um milagre ocorrido pela intercessão dos Pastorinhos numa criança no Brasil.

%d blogueiros gostam disto: